ULTIMAS NOTICIAS

6/recent/ticker-posts

Perseguição, ou meramente Coincidência?


Na manhã desta quinta-feira, 11 de junho, o empresário Jaime Bagatolli proprietário do Posto Catarinense, alguns familiares e funcionários destruíram a mureta que tinha sido construída em frente ao seu posto de combustíveis nesta quarta-feira.

Perseguição, ou meramente Coincidência?
No mesmo dia que a PF inicia a Operação Dúctil a mureta é erguida trancando a entrada do Posto Catarinense.

O ato foi registrado em vídeos e fotos por várias pessoas.

De posse de um despacho da Justiça Federal no qual impede que o Dnit faça qualquer tipo de obra em frente a seu posto, o empresário pegou uma marreta que começou a “demolir” a mureta erguida pelo Dnit.

Segundo o despacho do procurador federal, Caio Kusaba, um projeto deve ser discutido entre o Dnit e Jaime, e havendo acordo o melhor projeto deverá ser executado pelo Dnit, provavelmente com uma parceria público privada.

No entanto, qualquer tipo de obra ou adequação está proibida no local.

No entanto, por destruir a mureta o empresário pode responder por dano ao patrimônio público, e como a Polícia Federal Rodoviária fez uma abordagem no local na exata hora, em que o empresário estava realizando o ato, ele poderia ter sido preso em flagrante. Mesmo com o despacho judicial, que prevê apenas a não realização de obras e não a demolição do que já tinha feito.

Assista o Vídeo...


 Confira o vídeo:



Postar um comentário

0 Comentários