ULTIMAS NOTICIAS

6/recent/ticker-posts

Jato do Grupo Amaggi faz pouso forçado com Blairo e familiares após sobrevoo de 2 horas

Jato do Grupo Amaggi faz pouso forçado com Blairo e familiares ...Jato do Grupo Amaggi faz pouso forçado com Blairo e familiares ...
Blairo Maggi (PP), ex-governador de Mato Grosso, ex-senador e ex-ministro da Agricultura, passou por um momento de tensão e pânico junto com familiares durante o pouso de emergência de um jatinho executivo na tarde desta terça-feira (21), no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande (MT). Um problema no trem de pouso do avião fez o piloto sobrevoar por quase duas horas a região para queimar combustível antes de aterrissar.
Após o susto, o próprio Blairo Maggi postou um vídeo um seu Instagram que mostra o momento em que a aeronave toca o solo. Os ocupantes aplaudem o piloto e comemoram o desfecho positivo, sem qualquer pessoa ferida. As imagens também mostram alguns dos ocupantes, dentre eles, duas mulheres, ainda assustadas, que, aparentemente, estavam chorando.
Conforme a publicação de Blairo Maggi, ele e a família se deslocavam de Sapezal (MT) para Cuiabá no final da tarde quando  na aproximação da pista, momento que o trem de pouso é acionado, o piloto percebeu o problema. O painel mostrava que o equipamento constava como não abaixado. O avião, um Cessna Aircraft 680 com capacidade para nove passageiros viajarem com total conforto, pertence ao Grupo Amaggi, de propriedade de Blairo e familiares. Não foi divulgado quantas pessoas estavam a bordo.
Em situações como essas, a estratégia é se livrar do combustível para evitar uma possível explosão quando o avião tocar o solo. Por isso, a necessidade de sobrevoar o espaço aéreo para queimar combustível.
Diante da situação, o Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 16h40 e uma equipe ficou de prontidão no aeroporto Marechal Rondon. Por fim, apesar do susto tudo acabou bem, conforme o vídeo divulgado pelo ex-governador.
Pelas imagens da aterrissagem, aparentemente o piloto conseguiu abaixar o trem de pouso durante as quase duas horas de sobrevoo. Ao tocar o solo o avião não derrapou, não saiu da pista e nem saiu arrastando a “barriga” no solo. Também não apresentou nenhum barulho anormal indicando ter  tocado o solo sem o trem de pouso abaixado. 
Blairo Maggi também divugou um comunicado agradecendo aos profissionais envolvidos pela ajuda prestada e preocupação.
Dezenas de seguidores fizeram comentários na publicação, inclusive, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). “Graças a Deus todos estão bem, parabéns aos pilotos! Abraços a todos!”, postou Pinheiro.
Confira a nota de Blairo:
Boa noite! Conforme a imprensa noticiou o avião da Amaggi fez um pouso de emergência no final da tarde de hoje em Várzea Grande, região Metropolitana de Cuiabá. Eu e minha família vínhamos de Sapezal para Cuiabá, quando na aproximação foi detectado que o trem de pouso constava no painel como não abaixado!
Depois de quase 2 horas sobrevoando para queimar combustível, fomos pra pouso, acompanhado de perto pelos técnicos e Bombeiros do Aeroporto de VG, tudo deu certo! Somente o susto mesmo. Obrigado a todos os envolvidos pela ajuda e preocupação.
Abraço 
Blairo Maggi
Veja a nota divulgada pelo Grupo Amaggi

A AMAGGI confirma que uma aeronave de sua propriedade – modelo Cessna Aircraft 680, prefixo PP-LBM – realizou um pouso de emergência na tarde desta terça-feira (21) no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande (MT), após cumprir trajeto desde a Fazenda Tucunaré, em Sapezal (MT).

Na primeira aproximação em aeroporto privado, em Cuiabá (MT), a aeronave passou por uma falha de indicação no painel de travamento seguro do trem de pouso direito e, por questão de segurança, o piloto optou por aterrissar no Aeroporto Marechal Rondon.
Após comunicação com a torre de controle do aeroporto, a aeronave cumpriu os protocolos de espera no ar, por cerca de duas horas, para esgotamento do combustível antes da aterrissagem, que foi realizada com sucesso, sem demais intercorrências. A AMAGGI agradece o apoio recebido dos controladores do aeroporto Marechal Rondon e do Corpo de Bombeiros, em solo.
ASSISTA O VÍDEO ABAIXO:
Fonte Agora MT

Postar um comentário

0 Comentários