Motorista de aplicativo é preso com membros de facção criminosa armados que iriam executar rivais - Diário de Rondônia - Aqui Você Fica Bem Informado

Post Top Ad

ANUNCIE CONOSCO - (69) 98431 - 0154

Motorista de aplicativo é preso com membros de facção criminosa armados que iriam executar rivais

Share This
motorista-de-aplicativo-e-preso-com-membros-de-faccao-criminosa-armados-que-iriam-executar-rivais-1566932107

O motorista de aplicativo Bruno R. S., 33 anos e os foragidos da justiça, Matheus L. V., 25 anos, Roney L. S., 22 anos e Carlos Henrique S. C., 22 anos, foram presos no final da noite Segunda-feira (26), pelo crime de porte ilegal de arma ao serem flagrados dentro de um automóvel modelo Gol de cor vermelho, com uma escopeta calibre 12 com vários cartuchos intactos ao serem abordados na Avenida Imigrantes com Hebert de Azevedo, bairro Liberdade, zona norte de Porto Velho.
De acordo com informações dos policiais militares da Força Tática do 5º batalhão, eles estavam fazendo patrulhamento pela região do orgulho do Madeira, quando foram parados por um cidadão informando que ouviu quando alguns elementos estavam tramando a fuga de presos de uma facção criminosa de um presídio da capital, para que pudessem executar rivais de uma outra facção criminosa e repassou as características do veículo e a numeração da placa para os militares que começaram a intensificar o patrulhamento na região dos presídios.
11117-1566932103
Em determinado momento, o veículo com as mesmas características e a numeração da placa foi avistado na Avenida Imigrantes, onde foi dada a ordem de parada, no entanto, o motorista desobedeceu e empreendeu fuga passando em semáforos vermelho, os PM’s pediram apoio de outra guarnição, onde foi feito o cerco e o carro foi abordado. Durante a revista foi localizado o armamento e as munições de calibre 12 no interior do carro. Questionados sobre procedência da arma, mais ninguém se pronunciou em dizer algo.
Indagados sobre a situação de serem de facção criminosa, eles se negaram e o motorista de aplicativo disse que não sabia que os demais estavam armados, o suspeito Roney quebrou o aparelho celular onde havia conversas do lider da facção ordenando a morte de membros da facção rival. Diante dos fatos eles receberam voz de prisão e foram conduzidos para a Central de flagrantes onde ficaram à disposição do delegado de plantão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

ANUNCIE CONOSCO (69) 98431-0154