ULTIMAS NOTICIAS

6/recent/ticker-posts

Trote, uma brincadeira que pode custar uma vida


Rolim Notícias

Nessa manhã de sábado (09), o Tenente Lindonei de Souza Conçeição, do Corpo de Bombeiros do 3 SGMG/4 GMB, da cidade de Rolim de Moura-RO, em uma entrevista ao  site rolimnoticias, comentou sobre esse grande problema na Instituição. O tenente Lindonei chegou ao Grupamento no ano de 2002, e segundo ele, o número de ligações eram bem maiores na época, cerca de 20 por dia.
De acordo com o Tenente Lindonei é importante frisar a importância de conscientização da população. Atualmente, o corpo de Bombeiros em uma parceria com Polícia Militar fazem palestras em Escolas, Universidades e Igrejas. O intuito é conscientizar principalmente as crianças, da importância dos números 193 e 190. As vezes o Proerd ( Programa Educacional de Resistência ás Drogas), leva as crianças do projeto para conhecer o Corpo de bombeiros, na visita é passado as crianças a importância de não passar trotes.
As perdas com a brincadeira sem graça são diversas, enquanto a viatura e deslocada para atender um trote, uma pessoa em outro ponto da cidade está precisando do atendimento do Corpo de Bombeiros ou da PM. E, muitas vezes, o atendimento seria á um familiar de quem passou o trote. Segundo o Tenente Lindonei, o maior número de ligações (trotes), normalmente são pela manhã e tarde, nos horários de entrada e saída do Colégio, e nos intervalos das aulas. De segunda a sexta-feira.
Lembrando que passar trote é crime, Art. 340 do Código Penal - Decreto Lei 2848/40: Provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado: Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa. É uma questão de educação e conscientização.
NÃO PASSEM TROTES!
Fonte: Rolim Notícias

Postar um comentário

0 Comentários