ULTIMAS NOTICIAS

6/recent/ticker-posts

Santa Luzia- Secretaria de Saúde emite Nota de Esclarecimentos sobre a falta de médico

Nota-Esclarecimento-300x199O Hospital Municipal Maria Verli Pinheiro na data de 15/09/2019 esteve sem médico na
Unidade de Saúde conforme notícia veiculada no site RondoniaNews, porém, não como
informado dois dias sem médico. Somente hoje.
A administração da saúde local disponibilizou o apoio da Unidade Básica de Saúde
prestando apoio de retaguarda pela manhã, portanto, os usuários não ficaram
desassistidos ainda ressaltamos que a direção do hospital está em contato com o
Hospital de Referência na Zona da Mata em Rolim de Moura para onde os pacientes
estão sendo conduzidos para atendimento médico.
Há mais de 4 anos que o Município não passa por uma crise dessa natureza em relação a
médicos no Hospital ou Unidades Básicas de Saúde, porém com os desabastecimentos
de profissionais em virtude do rompimento do acordo entre Cuba e Brasil e a saída dos
médicos intercambistas da Rede da Atenção Básica, os municípios estão sofrendo com a
falta de médico, pois os brasileiros migraram para o programa sem que nós gestores
tivéssemos prazo para reconfigurar o serviços prestados ou contratasse novos médicos
para gerir essa nova realidade, realidade essa que foi o fato gerador da criação Programa
Mais Médicos no Brasil, a falta de médico nos municípios, principalmente os pequenos
e afastados dos grandes centros.
Com a abertura do edital para médicos brasileiros preencherem as vagas que antes
estavam alocados médicos estrangeiros houve um abalo em toda a organização de saúde
municipal, ainda há municípios que não conseguiram se recuperar do rompimento do
programa estão sem nenhum médico na rede seja de atenção básica ou média e alta
complexidade (hospitalar).
Essa é uma realidade que assolou Santa Luzia D’Oeste nesta sexta-feira, contudo
estamos empreendendo todos os esforços para contratação emergencial de médico para
suprir a escala dos médicos que deixaram o Município para aderir ao Programa Mais
Médicos para o Brasil.
Sabemos da preocupação dos munícipes e de toda a sociedade, pois saúde se faz com
profissionais, e para nós gestores é ainda maior, pois levamos a responsabilidade de
prover a assistência integral de saúde, segue anexo o Oficio elaborado em conjunto
entre COSEMS e SESAU para as instâncias superiores demonstrando toda a situação a
qual os Municípios foram entregues gerando situações caóticas aqui na rede primária
que é o acesso da população ao que se entende por saúde pública.
Patricia do Valle
Secretária Municipal de Saúde
Of%C3%ADcio-CIB-falta-de-m%C3%A9dicos-em-RO-1-1

Postar um comentário

0 Comentários