ULTIMAS NOTICIAS

6/recent/ticker-posts

Continua na UTI adolescente que se afogou após carro cair em córrego na Capital

380_ismael-crispin-denuncia-precariedade-e-pede-urgente-recuperaa-a-o-urgente-da-ro-010-que-interliga-munica-pios-26fev19-marcos-figueira-decom-ale-ro-jpg

De acordo com a assessoria do Hospital João Paulo II, a adolescente já chegou em estado grave no pronto-socorro, ficou na sala vermelha para ser estabilizada, fez exames e precisou ser entubada pela equipe médica.

380_ismael-crispin-denuncia-precariedade-e-pede-urgente-recuperaa-a-o-urgente-da-ro-010-que-interliga-munica-pios-26fev19-marcos-figueira-decom-ale-ro-jpg

Continua em estado grave o estado de saúde da adolescente Rafaela Camila Silva, 17 anos, que se afogou após o motorista do um veículo em que ela estava perder o controle e cair dentro de um córrego localizado as margens da Estrada do Japonês, na Zona Rural de Porto Velho, na manhã da última sexta-feira (22).
De acordo com a assessoria do Hospital João Paulo II, a adolescente já chegou em estado grave no pronto-socorro, ficou na sala vermelha para ser estabilizada, fez exames e precisou ser entubada pela equipe médica. Horas depois, ela foi transferida para a UTI, onde permanece. 
O caso
Rafaela e mais cinco amigos seguiam para o sítio do avô de um deles na manhã de sexta-feira para ingerir bebidas alcoólicas. Cerca de 50 metros antes de chegar ao córrego, o motorista parou o carro para os amigos urinarem. Ao reiniciar a viagem, o motorista do carro perdeu o controle do veículo, que caiu dentro do córrego. 
Desesperadas, as vítimas quebraram os vidros do carro e apenas quatro conseguiram sair sem se afogar, mas o motorista e a adolescente tiveram dificuldade e acabaram se afogando. Eles foram resgatados pelos companheiros. 
A adolescente ficou desacordada, foi reanimada e levada em um carro particular, que passava no momento do acidente, para o pronto-socorro. O motorista do veículo também foi encaminhado consciente para o João Paulo II, por ter engolido bastante água.
Fonte: Rondônia Agora

Postar um comentário

0 Comentários