CAOS NA SAÚDE PUBLICA, Pacientes sofrem com falta de médicos no hospital de Parecis e enfermeiros e Técnicos se viram nos 30 - Diário de Rondônia - Aqui Você Fica Bem Informado

Post Top Ad

ANUNCIE CONOSCO - (69) 98431 - 0154

CAOS NA SAÚDE PUBLICA, Pacientes sofrem com falta de médicos no hospital de Parecis e enfermeiros e Técnicos se viram nos 30

Share This
O município de Parecis hoje vem enfrentando um grande drama no atendimento de pacientes emergência no HPP Hospital  de Pequeno Porte, pois não dispõe de médico no seu quadro semanal de segunda a sexta como era antes se acaso chegar uma emergência de segunda a quinta-feira no período do dia será socorrido somente pelos técnicos de enfermagem e uma enfermeira que atua nos procedimentos mais complexos vindo fazer papel do médico para estabilizar o paciente junto com os técnicos de enfermagem, mesmo sabendo que este tipo de procedimento feito pelas técnicas e enfermeiras como encaminhar  pacientes, e realizar procedimentos que não sejam de sua área, poderá acarretar em processos para estes profissionais de saúde que na ausência do médico fazem o melhor para salvar vidas, se possível se arrisca para não ver o paciente morrendo na sua frente.
Antes havia um médico de segunda a segunda e enfermeiros de segunda a segunda também,  mas por intervenção do Ministério Público os médicos e enfermeiros que não eram concursados  e que só cumpriam  plantão e tiveram que parar de trabalhar na unidade,  hoje dispõe  somente de dois médicos um que trabalha segunda à noite e terça à noite, quarta à noite perfazendo 36 horas noturnos e trabalha durante a semana no mais médico um programa do governo federal,   outro médico trabalha quinta à noite 12 horas sexta-feira 24 horas e sábado 12 horas perfazendo 48 horas corridas.
Esses são os médicos concursados do município ficando o restante da semana sobre os cuidados dos técnicos de enfermagem aos comando das enfermeiras que toma toda a responsabilidade de atuar em uma escala dia sim dia não,  nos casos mais complexos e atendimento ao público para os mesmos não voltarem para suas casas sem o devido atendimento ou encaminhá-los para outro município fazendo essa enfermeira o papel do médico.
Nossa equipe procurou o secretario de saúde que nos relatou que o caos está ocorrendo devido o MP ter determinado, ou seja, joga a culpa no Ministério Publico que segundo o secretario pediu para parar com plantões aos finais de semana.
um coisa que fica difícil de entender, é que somente Parecis está com este problema com MP,pois todos os municípios trabalham com plantões aos finais de semana e não ficam sem médicos.
Redação Jornalista Alex Tedeschi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

ANUNCIE CONOSCO (69) 98431-0154