PUBLICIDADES

PUBLICIDADES

A farra das passagens aéreas no município de Guajará-Mirim/RO

Guajara-Mirim-ro
GUAJARÁ-MIRIM RO – Enquanto a cidade de Guajará-Mirim permanece em total estado de abandono, com ruas esburacadas, praças e Escolas tomadas pelo mato, Hospital sem médicos e sem remédios, o prefeito Cícero Alves Noronha Filho (DEM), segue gastando dinheiro público na compra de passagens aéreas.
A prova está no Transparência da Prefeitura do município. As últimas despesas, empenhadas como contratação de uma empresa especializada na prestação de serviço de agendamento de viagens (passagens aéreas) somam R$ 30 mil (trinta mil reais) e foram realizadas na modalidade de pregão eletrônico. 
21-02-2019-16-12-40
21-02-2019-16-29-13
A situação do município tem deixando a população indignada, pois o prefeito, eleito com a esperança de ser o “salvador da Pátria” para tirar Guajará-Mirim da situação crítica, além de não resolver os problemas de necessidades básicas, ainda está “afundando ainda mais a cidade” com gastos exacerbados do dinheiro público.
A cidade, que há anos atrás, era referência cultural e conhecida em todo estado como a “Perola do Mamoré”, hoje, vive os reflexos da má gestão atual e anteriores. E a má gerencia se estende ao Legislativo, segundo publicação no site da Rádio Interativa.
Conforme informado na página da internet da emissora, alguns dos vereadores, quando são cobrados pelo povo, alegam que foram à Porto Velho e Brasília em busca de recursos para sanar os problemas da cidade, e usam o argumento inclusive para justificar as inúmeras viagens que fazem as capitais: estadual e federal.
Mas na prática, a população não vive os resultados das tantas viagens, muito pelo contrário, e quer mesmo, é que, tanto do prefeito quanto dos vereadores, sejam investigadas pelo Ministério Público.




21-02-2019-16-14-04
21-02-2019-16-14-37
Fonte: Guajará Noticias Com informações: Rádio Interativa FM/Guajará-Mirim
Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.